Seja bem-vindo. Hoje é .

ÚLTIMA POSTAGEM

Em Araguatins, militares do 9º Batalhão participam de palestra sobre saúde ministrada por acadêmicos da Unitins

Comando do 9º BPM participa do encerramento da, “Semanas Justiça pela Paz em Casa 2019”, no Fórum de Araguatins

ASCOM/9º BPM – 15/03/2019 – O comandante do 9º Batalhão de Polícia Militar, major Weslley Dias Costa, acompanhado do subcomandante, capitão Sandro de Lima Silva, esteve na manhã desta sexta-feira, 15, no fórum judiciário de Araguatins, participando do encerramento da “Semanas Justiça pela Paz em Casa 2019”.

O evento é uma iniciativa do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), voltada a violência doméstica.

Além do judiciário, diversos outros órgãos do estado e município, estiveram no evento, entre eles, o Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e Centro de Referência de Assistência Social (Cras).

Voltada à justiça pela paz em casa, o evento foi organizado pela direção do órgão judiciário, a juíza de Direito, Drª Nely Alves da Cruz, com o objetivo de junto com os demais órgãos presentes ao evento, destacar que o Judiciário está envolvido no enfrentamento da violência doméstica.

Em sua fala, major Weslley Dias fez questão de destacar que sua intenção é criar a patrulha Maria da Penha. A título de exemplo, o comandante citou o 6º Batalhão de Polícia Militar (6º BPM) em Palmas, uma das Unidades Operacionais da PM, a qual já realiza esse tipo de atividade no atendimento pós-ocorrência de violência doméstica e familiar contra a mulher.

O comandante acrescentou que por parte da Polícia Militar, o projeto será coordenado pelo capitão Sandro, que integrará a rede de atendimento a Mulher, com a participação dos órgãos que estiveram no encontro, além de outros.

A PM também destacou da importância de cada órgão conhecer a situação da vítima. Saber para qual órgão deverá ser essa vítima encaminhada, independente da quantidade de vez que ela precisar, e o atendimento ocorrerá de forma técnica e com qualidade.

Após a fala dos representantes de cada órgão, o encontro foi finalizado destacando a criação de um fórum para programar as ações, com o objetivo de reduzir principalmente a reincidência de casos envolvendo esse tipo de violência.

O evento se encerrou com um coffee break oferecido pela anfitriã, Drª Nely Alves.


Postar um comentário

0 Comentários