Seja bem-vindo. Hoje é .

ÚLTIMA POSTAGEM

Em Araguatins, militares do 9º Batalhão participam de palestra sobre saúde ministrada por acadêmicos da Unitins

9º BPM promoverá Páscoa dos Militares com missa em Ação de Graças em Araguatins


ASCOM/9º BPM – 25/04/2019 – O 9º Batalhão de Polícia Militar (9º BPM), estará promovendo no próximo mês, dia 02 de maio, quinta-feira, missa em Ação de Graças em alusão a Páscoa dos Militares. A celebração acontecerá às 19h30 na Igreja Católica São Vicente Ferrer (Matriz), localizada em frente ao Cais do Porto, em Araguatins.

O convite expedido pelo comandante do Batalhão, tenente coronel Weslley Dias Costa, além dos policiais militares e seus familiares, alcança ainda, o Colégio da Polícia Militar (CPM), demais forças de Segurança Pública: Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Batalhão Ambiental, e órgãos da Justiça, entre eles, Judiciário, Promotoria, Defensoria Pública, entre outros.

Mais informações, por meio do telefone (63) 3474-1109 ou 3080, ou ainda, na sede do quartel do 9º Batalhão.


Curiosidade - Páscoa dos Militares

A Páscoa dos Militares é a celebração da Páscoa pelos Militares brasileiros. Ela é comemorada fora de época, por concessão da Igreja, já que, à época da II Guerra Mundial, no período da Páscoa, os militares brasileiros estavam envolvidos em missões longe de casa ou escalados para serviços e não puderam participar desta festividade religiosa. Desta forma, a Páscoa dos Militares preserva a história do final da II Guerra, quando a Força Expedicionária Brasileira (FEB) retornou ao Brasil após o período pascal.

É permitido participar deste evento os segmentos católico, espírita e evangélico (cada um com uma festividade diferente), já que esta festividade tem por objetivo estimular o espírito de religiosidade e reafirmar os valores cristãos dos militares.

Para conciliar o calendário com as escalas de serviço das Forças Armadas, convencionou-se que a Páscoa dos Militares seria no período diferente do tradicional. As celebrações acontecem em datas determinadas em cada região, de acordo com o Arcebispado Militar do Brasil, com sede na capital federal. Com relação ao cerimonial, ele é respaldado de acordo com a hierarquia militar. (Fonte: Ascom PMTO)

Postar um comentário

0 Comentários